7 de mai de 2016

Especial sem preconceito - Casamento Africano

Olá Realezas,

Hoje iniciamos um Especial sem preconceito (Cerimônias de Casamentos Diferentes) para iniciar vamos falar sobre o casamento Africano e suas tradições, então bora lá:



África, o continente com mais civilizações antigas, com as culturas mais diversas e claro no casamento não seria diferente, como base nestas tradições temos que eles tem uma premissa: A família. Sim a celebração através da união de duas pessoas.



As festas coloridas, a música e as danças são elementos fundamentais de um casamento africano. Tudo depende da parte de África ao qual pertence as cerimônias podem durar dias, muitas vezes as cerimônias são conjuntas onde diversos casais são casados ao mesmo tempo. A noiva tem sempre um papel especial sendo tratada com o respeito pois ela tem um significado de continuação da família. O noivo, assim como a noiva, é ensinado desde cedo para ser parceiros ideais.



ETIÓPIA

Na Etiópia, a povoação Karo decora as suas noivas com tatuagens no abdomen com diferentes símbolos.


Na tribo Amhara, muitos casamentos são negociados pelas duas famílias, com uma cerimônia civil a selar o contrato. Por vezes um sacerdote está presente, outras vezes não. Existe um casamento temporário celebrado através de um contrato verbal antes de ser realizado o casamento em frente às testemunhas.  



KENYA

O povo Massai do Kenya faz acordos entre eles relativamente ao destino das suas crianças. No casamento, as mulheres são casadas com homens que não conhecem, usualmente muito mais velhos que elas. A noiva recolhe todos os seus bens, e é vestida com as mais finas jóias. Durante a cerimônia o pai da noiva cospe na sua cabeça e peito como sinal da sua bênção; depois a noiva parte com o seu marido para a sua nova casa sem olhar para trás, pois reza a lenda, que se assim não fizer ela transformar-se-á em pedra.



O povo Swahili do Kenya banha as noivas em óleos de sândalo e tatuam henna nos seus pés e mãos. Uma mulher mais velha dá instruções à noiva sobre como ser uma boa esposa, como agradar e fazer sentir bem o seu marido. 


Noutra parte do Kenya a maior festa do casamento é a Kupamba, que surge na noite depois do casamento, sendo basicamente um exibir da noiva às mulheres. Nesta festa só estão mulheres, sendo uma festa onde elas podem remover os seus véus, e podem exibir umas às outras os seus magníficos vestidos e penteados, tornando a festa quase numa competição entre mulheres, pois um bom marido providencia boas roupas e boas jóias à sua mulher para que ela as possa exibir às outras.



NIGÉRIA

Os Wodabee da Nigéria cortejam as primas para casar. Os rapazes usam amuletos poderosos para demonstrar o seu encanto às suas primas. Se existirem 2 primos que pretendam a mesma mulher a mulher escolhe um deles, sendo o outro primo convidado a ser amigo do casal e a frequentar a sua casa, e por vezes até a sua cama! 



NAMIBIA

O povo Himba da Namíbia rapta a noiva antes da cerimônia do casamento e coloca-lhe uma espécie de coroa de noiva feita em pele. Depois da cerimônia ela é levada à casa da família onde esta a informa das suas novas responsabilidades de casada, e depois ela é besuntada de manteiga para lhe demonstrar que foi bem aceite na família.  


Espero que gostem desta nossa primeira postagem Especial pois desta virão muitas outras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário com dicas e sugestões, não esqueça de seguir
Venha fazer parte deste #TimedeRealezas que só cresce.

© Olá Realezas - 2017 | Todos os direitos reservados.
Olá Realezas: www.facebook.com/olarealezas.
Tecnologia do Blogger.