9 de jul de 2016

Nails | Alergia a Esmalte - Hipoalergênicos

Olá Realezas,

A risque lançou uma linha de esmaltes hipoalergênicos e vim dividir com vocês as cores lindas, enquanto isto vamos falar sobre o conceito destas alergias e o que fazer. Contei com ajuda de uma amiga que têm alergia a Talita Alencar para me ajudar com as cores da coleção. Então vem comigo!!




A alergia provocada pelo esmalte chama-se dermatite de contato ou eczema de contato ao esmalte. Os esmaltes são compostos por várias substâncias.



A alergia ao esmalte não provoca lesão na unha ou redor dela, e sim em locais aonde a mão toca a pele mais fina: pálpebras, lábios, face, orelhas, queixo e pescoço. 



As reações podem ser tão intensas que podem acontecer estando próximas de pessoas que pintaram as unhas ou entrando em salões de beleza. 



A alergia surge em qualquer momento da vida, mesmo depois de muito tempo usando o esmalte.


Os sintomas são irritação nos olhos, pele e sistema respiratório (falta de ar). Pode acontecer uma coceira importante nas pálpebras e na fase aguda do processo com vermelhidão, edema (inchaço), coceira, aparecimento de vesículas (bolinhas de água), que eliminam o líquido (exsudação) e posteriormente descamação e presença de secreção (forma sub-aguda). A última fase que é a crônica chama-se de liquenificação, aonde há presença de fissuras.



Quando acontece este tipo de alergia, o ideal é procurar o especialista alergista, que fará orientação para realizar o teste alérgico de contato, que tem a finalidade de tentar identificar quais substâncias são as responsáveis pela alergia.




Para continuar utilizando esmaltes, há no mercado formulações hipoalergênicas 3free, 4free, 5free e 7free:


  • 3free: sem tolueno, formaldeído e dibutilftalato.
  • 4free: sem tolueno, formaldeído, dibutilftalato e canfora
  • 5free: sem tolueno, formaldeído, dibutilftalato, canfora e parabeno
  • 7free: livres de dibutilftalato, tolueno, formaldeído, resina de formaldeído, cânfora, conservantes e petrolato.





Algumas pessoas mais sensíveis podem apresentar reações alérgicas mesmo aos esmaltes hipoalergênicos, pois hipoalergênico não significa passe livre para 100% dos alérgicos. 




O que fazer?


  • A leitura atenta de rótulos dos esmaltes é recomendada.

  • É interessante ficar de olho na composição de bases e removedores de esmalte.

  • Unhas acrílicas também podem provocar alergia.

Agora que já sabe como identificar divirta-se e até o próximo post.

18 comentários:

  1. Nossa que legal, e as cores são lindas! Beijos Ka!

    ResponderExcluir
  2. Sou alérgica a esmaltes, sofro muito, meu rosto fica horrivel.
    Eu amo esses esmaltes

    ResponderExcluir
  3. Nossa que legal, acredita que minha manicure é alérgica ? Pois é! Ela vai amar essa novidade, vou mandar esse link pra ela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não acredito coitada, manda mesmo assim ela fica mais animadinha

      Excluir
  4. Cores lindas, e adorei o post, informações ótimas pra quem é alérgica
    Bjs

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário com dicas e sugestões, não esqueça de seguir
Venha fazer parte deste #TimedeRealezas que só cresce.

© Olá Realezas - 2017 | Todos os direitos reservados.
Olá Realezas: www.facebook.com/olarealezas.
Tecnologia do Blogger.