Tipos de filtros de café

10 de mai de 2017
Olá Realezas,

Cabo de cafeteira queimado, bebida muito forte ou fraca e até mesmo pequenos acidentes na hora de preparar sua xícara? Se você adora este método de preparo, mas se confunde com a imensidão de utensílios e filtros diferentes, ainda há esperanças! Com mais força em cafeterias e restaurantes, ele volta a ficar, reconquistando o espaço que perdeu para o expresso nos anos 1980. Para te ajudar nesta missão que parece simples, mas não é, preparamos algumas dicas do tipo de filtro que pode escolher usar.



Ainda muito usado em algumas regiões do Brasil, o filtro de pano passou por algumas "evoluções" e divide o bule com outras opções.Também feito em titânio, microfibra e de papel, cada tipo confere um resultado diferente na bebida.
Conheça um pouco mais sobre cada um deles.

Filtros de papel: O filtro clássico, que precisa dobrar duas extremidades


Coador de pano: Muito utilizado no interior do Brasil, ele é feito com tecido 100% algodão e exige cuidados especiais em sua primeira utilização.


Chemex: Seu papel é mais grosso, deve ser dobrado em forma de cone e dispensa o uso de porta filtros.



Plástico: Filtro em microtela de poliéster resistente. Ele pode substituir até 2 mil filtros descartáveis.


Titânio: Com seu material anti-alérgico, antimicrobiano e não corrosivo, ele não afeta os sabores do café. Tem vida útil longa por não ser corrosivo e é um excelente condutor de calor.



O café é algo democrático, pois não existe certo ou errado, existe aquele que atende melhor suas necessidades.

fonte: Pinterest

Realezas espero que tenham gostado e deixa aqui nos comentários como vocês gostam do seu café.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Deixe seu comentário com dicas e sugestões, não esqueça de seguir
Venha fazer parte deste #TimedeRealezas que só cresce.

 
Desenvolvido por Michelly Melo.